Terras Jurassicas

Terras Jurassicas
Quando Eles Mandavam

12 de fevereiro de 2012

Deltadromeus: Feroz, Veloz e Perigoso


Deltadromeo

O feroz e sanguinário Deltadromeo. 
O Deltadromeus cujo nome significa corredor ágil do Delta, era um terópode, carnívoro, veloz, e provavelmente, extremamente feroz.

Deltadromeus agilis: Um veloz e feroz dino carnívoro.


Fato é que apenas 50% de seu esqueleto fora encontrado e nada do crânio, o qual foi baseado na espécie mais semelhante, que seria, talvez, o Megalosaurus.

Mesmo assim, tal fato não impediu de que a imagem do tal carnívoro sanguinário fosse detalhada, imaginada e montada. E o que se descobriu foi um carnívoro de porte médio, extremamente leve, provavelmente bem feroz, e, com toda certeza baseada em sua anatomia, um animal muito, muito rápido para seu tamanho.

Comparação de Tamanho entre Delta e um homem.

Tinha o corpo estreito, compacto, ágil e forte, era "desenhado", ideal para correr mais do que suas presas, sempre em alta velocidade. Tinha membros longos, dotados de poderosíssimas garras para destruir a presa, rasgando-lhe a pele e a carne.

O impressionante é que provavelmente seu crânio e suas garras ficassem ainda mais letais, pois ao correr em alta velocidade, com um corpo forte(apesar de pouco robusto), junto com a velocidade, sobre a presa, provavelmente, acabava matando-a quase que instanteneamente, como os falcões-peregrinos, animais mais rápidos do mundo de hoje, afinal, se imaginarmos um animal de mais de 9 metros, correndo em uma velocidade muito alta para seu tamanho, com seus dentes e garras terríveis, aliados a sua leveza corporal, podemos imaginar um animal muito feroz e bastante perigoso, porém, se analisarmos que tais animais não deveriam viver sozinhos, mas talvez em bandos, seu grau de letalidade atingiria níveis incríveis.

Possível anatomia óssea do Deltadromeus.

Se a sua base da espécie mais próxima estiver correta, possuia dentes grandes, que com a alta velocidade, trucidavam a presa, e talvez até pudessem perder, ocasionalmente, alguns desses dentes, assim como ocorria com o Indosuchus ou mesmo o T.rex, mas que nasceriam de novo, mais fortes e resistentes.

Tinha uma cabeça média, relativamente frágil, mas resistente o suficiente para suportar seu feroz e veloz ataque.  Por tais motivos, é visto como um predador letal, um carnívoro sanguinário e cruel.

Esse dinossauro foi uma das mais magníficas máquinas de matar de todos os tempos, e com certeza um dos mais ferozes animais que algum dia aterrorizaram o planeta Terra.

Um grande perigo para o Delta: Carcharodontosaurus.
Existiam, talvez, dois grandes problemas para um Deltadromeus, isto, numa paisagem de cerca de 90 milhões de anos atrás, pois estes dividiam seu domínio com dois dos maiores, mais poderosos e perigosos dinossauros carnívoros de todos: o terrível Carcharodontosaurus e o misterioso Spinosaurus.

Imagina-se que sua velocidade faria com que fosse perigoso e cruel, mas fato é que, ao se deparar com um dos dois gigantes, realmente mais fortes e perigosos do que um Deltadromeo, preferissem fugir e escapar com  vida, pensando que seu forte era a velocidade e agilidade, do que enfrentar numa batalha corpo a corpo, contra dois dos maiores e mais poderosos animais que já caminharam no planeta.  Por isso, talvez mesmo um Deltadromeo grande, talvez preferisse não enfrentar um confronto contra qualquer dos dois.

DADOS DA FERA:
Nome: Deltadromeo
Nome Científico: Deltadromeus agilis
Significado: Corredor Ágil do Delta
Tamanho: 10metros de comprimento, por 3metros de altura e peso em apenas 2 toneladas.
Época: Cretáceo, na África
Fatos: Provavelmente um dos mais ferozes animais que já passaram pela face da Terra. Sem dúvida que eram muito leves para o tamanho. Era, assim, bem poderoso, grande e veloz, apesar de não serem tão maciços ou robustos.

9 de fevereiro de 2012

Suchomimo: Um grande e feroz Espinossaurídeo


Suchomimus
Suchomimus tenerensis
O Suchomimus é um dinossauro carnívoro da família dos Espinossaurídeos, que foi descoberto ao final do Século XX. Similar e próximo em parentesco ao famoso Espinossauro. É tido como um feroz carnívoro pescador, e como seu parente Spino, é enorme.
Comparação de Tamanho entre Suchomimus e um humano adulto. 

Foi descoberto em 1998, e alem do tamanho assustador, ele tinha uma pequena vela nas costas, e possuia focinho comprido e fino, com dentes retos e não muito serrilhados, como os de crocodilos. Ele era ágil e bastante veloz, vivia a margens de rios, no Mesozoico e enfrentava poderosos Sarcosuchus, crocodilos quase tão compridos quanto um T.rex, e para se alimentar, deveria precisar de enormes quantidades de carne e, talvez comesse muitos peixes, ou peixes grandes, mas ele também, se caso fosse necessário, alimentava-se de dinossauros, afinal seu tamanho e poder eram respeitáveis. Possuia pernas fortes, mãos e braços longos e esguios, com enormes garras, ideias para segurar e "pescar" peixes, até mesmo os grandes, e detonar dinossauros grandes e com couro grosso.

O feroz e ágil Suchomimo
Tais quais as garras do Espinossauro, o Suchomimo tinha em seus braços longos e fortes, dotados de três super garras, que faziam o trabalho que sua mandíbula não realizaria tão bem. A cauda talvez fosse menos comprida, proporcionalmente se comparada a espécies maiores, como por exemplo o Espinossauro, este que é o maior espinossaurídeo e provavelmente o mais comprido carnívoro, provavelmente era menos agressivo que o Suchomimo. O Suchomimo com certeza era um dos mais assustadores animais que o cenário Mesozoico conheceu.

Batalha Incrível: Suchomimus tenerensis x Sarcosuchus imperator
Se assemelha também ao Baryonix, porém, sendo tido como muito mais agressivo que o mesmo. Talvez fosse um dos mais terríveis de todos os dinossauros, afinal, apesar de menor do que o Espinossauro(muito embora tivesse o tamanho de um Spinosaurus marrocanus), talvez fosse mais ágil, mais veloz, e, contava com as mesmas armas, numa menor escala. Sem dúvida um Suchomimo deveria meter medo em muitos dinossauros, até mesmo nos maiores.

Mesmo sendo grande, às vezes o Suchomimo levava a pior.
Além do Suchomimo, foram descobertos, no início do Século 21, novas espécies de Espinossaurídeos, sobretudo, algumas que viviam no Brasil, como o Angaturama, que era menor, atingindo os cinco metros, e o Oxalaia, que era tão grande quanto um Suchomimus adulto. Inclusive os fósseis e o esqueleto de Espinossauro - que aliás não é original - são baseados tanto nos desenhos de Strömer, o descobridor da espécie, e também, baseados nos espécimes mais próximos, e seus hábitos tido como semelhantes aos do Suchomimus e do Baryonix. Sem dúvida a família dos Espinossaurídeos está aumentando cada vez mais e tendo seus hábitos de caça e pesca, cada vez mais comprovados e entendidos.

O Suchomimus viveu na África, tal qual o Spinosaurus, e seus fósseis foram encontrados no Níger, entre 1997-98, no Deserto do Teneré, por isso o tenerensis do genus da espécie.


Tal qual o Spinosaurus, nota-se que o Suchomimus era mais longo/comprido, do que alto e pesado. Além disso, pode-se observar também que era muito parecido com o Spino, porém numa escala um pouco menor e de fato, com uma vela menor também.


DADOS DA FERA
Nome Suchomimo
Nome Científico: Suchomimus tenerensis
Significado: Imitação de Crocodilo do Teneré.
Tamanho: 11 a 13m de comprimento, por 4metros de altura e peso em quase 3 toneladas.
Época: Cretáceo, na África.
Fatos: Esse animal já foi confundido com o Spinosaurus marroccanus, uma espécie menor do que o aegyptiacus, e quando encontrado, logo notaram que era enorme e um dos mais compridos carnívoros. Esta entre os mais ferozes tambem, talvez fosse extremamente mais feroz do que o gigantesco Espinossauro. Provavelmente era muito rápido e veloz, pescando na maior parte do tempo, e caçando quando necessário, tal qual o Espinossauro. Tinha em seus braços e garras, suas principais armas para enfrentar a batalha diária pela sobrevivência.